A nossa história

Consumidores conscientes contribuem ativamente para um mundo melhor

Patrícia Valinho, fondatrice

Somos uma editora de design que produz objectos únicos e úteis para casas felizes, fazendo a ligação entre designers e o saber-fazer português.

Inspira-nos a ideia de que podemos proporcionar momentos memoráveis às rotinas diárias dos nossos clientes, com produtos únicos e úteis. O que nos motiva é o saber-fazer e o toque humano dos nossos fornecedores, assim como os materiais locais e naturais.

Em 2009, desafiámos os alunos de Design de Equipamento da ESAD.CR a aprender mais sobre cerâmica e croché, tendo financiado workshops nestas áreas. Os designers desenvolveram produtos com base nessas técnicas e algumas peças foram seleccionadas. As primeiras peças foram produzidas em 2015.

Em Janeiro de 2017, a empresa foi criada após termos tido um retorno positivo do mercado português. O ano de 2019 representa a consolidação da internacionalização da Dedal.

‘dedal’ é o acrónimo de Desenvolvimento do Design e das Actividades Locais. O objecto dedal também nos inspirou por proteger as mãos que cosem.

Os nomes dos nossos produtos são inspirados em português, latim e esperanto.

MISSÃO

Criar uma gama de produtos utilitários e relevantes que promovam espaços originais e stakeholders satisfeitos.

VISÃO

Tornar-se numa das empresas mais humanas no mundo, transformando positivamente as vidas de todos os que tocam os nossos produtos.

Valores


EQUIDADE

Acreditamos que todos os stakeholders devem ser justamente recompensados, do designer ao produtor, distribuidor e consumidor.


SIGNIFICADO

Acreditamos que os nossos produtos têm alma por surpreenderem pela forma (provoca sorrisos), função (têm outra função para além da decorative) ou pela técnica de produção (a exclusividade de cada peça cuidada manualmente).

TOQUE HUMANO

Está presente em todo o processo: das mãos que fazem aos produtos que tornam qualquer espaço mais humano.


PEGADA RESPONSIVA

Trabalhamos responsivamente para garantir que as nossas pegadas sociais e ambientais são o mais baixas possível. Por isso preferimos materiais nacionais e europeus e produzimos localmente.

APRENDIZAGEM INTERLIGADA

Estabelecemos parcerias com universidades desafiando os alunos a desenhar novos produtos. Retribuímos com a partilha de conhecimento relativamente à exequibilidade dos produtos, otimização de custos, necessidades de mercado e de produção.